[Resenha] Garotos de lugar nenhum: Livro x Série



Título: Garotos de Lugar Nenhum
Autor: Elise McCredie
Editora: Rocco
Ano: 2017
Páginas: 296
Classificação: 
Sinopse: Já imaginou retornar para casa depois de uma excursão da escola e descobrir que ninguém se lembra de você? Que sua existência simplesmente foi apagada, como se você nunca tivesse nascido? Parece um pesadelo, mas é o que acontece com Felix, Andy, Sam e Jake em Garotos de lugar nenhum, versão em romance da primeira temporada do famoso seriado de TV australiano Nowhere boys. Depois de passarem uma assustadora noite de tempestade perdidos na floresta durante o que seria um passeio rotineiro a um parque nacional da região, os meninos finalmente conseguem retornar para casa. Mas, estranhamente, ninguém os reconhece, nem mesmo seus familiares. Presos em um universo paralelo onde eles não existem para o mundo a sua volta, os quatro tentam entender o que aconteceu quando percebem que uma força das trevas está à solta. E precisam lutar para restaurar as coisas, antes que ela os destrua de uma vez por todas.
       Eu sou acostumada a ler livro que virou filme ou seriado, agora livros que foram baseados em série creio que foram pouquíssimos. Por isso dei a chance para Garotos de Lugar Nenhum que é baseado na série Nowhere Boys, que eu já assisti também e amei.
       Na trama temos quatro garotos com personalidades diferentes, e que apesar de estudarem na mesma escola não são nem um pouco amigos. Félix é o esquisitão da turma, Andy é o nerd, Jake o atleta da escola e Sam, o bonitão que namora uma das meninas mais gata do colégio. Em uma excursão para a floresta da cidade, os garotos são colocamos no mesmo grupo para explorarem o local, porém acabam se perdendo e passando uma noite aterrorizante na mata. No dia seguinte quando retornam a cidade, descobrem que estão em um mundo paralelo em que eles nunca nasceram e suas famílias não fazem a mínima ideia de quem eles são. Juntos e agora amigos, eles precisam dar um jeito de conseguirem voltarem para casa.

           A autora tem uma narrativa fácil de entender e que flui bastante, porém mesmo tendo uma premissa super legal e história ficou enfadonha demais. Os personagens forem bem desenvolvimentos, tanto os principais quanto os secundário, porém parece que ficou faltando algo para que conseguisse cativar o leitor. Os capítulos são divididos entre os quatro meninos, que narram a trama através do seu ponto visto e isso acho que Elise conseguiu acertar no livro. 
       Como eu havia assistido a série antes de ler o livro, não sei se teria uma opinião diferente mas acredito que não. A trama envolvendo adolescente, magia e demônios é um gênero que me atrai, porém a autora não conseguiu me prender nesta e creio que seria melhor ter ficado apenas na série. A premissa é um ótimo conteúdo para ser produzido para a TV, mas o livro acabou não sendo uma boa adaptação e até porque ele é bem curto para poder dar conta de um mundo que contém várias possibilidades para criação. O livro é uma cópia fiel da série, então todos os acontecimentos são basicamente iguais.


A série:

      A série eu descobri por acaso quando estava naquela cruel dúvida do que assistir, e apareceu nas sugestões e a premissa me agradou. A escolha do elenco foi excepcional, tendo em vista que todos os atores cumprem perfeitamente o papel designado, inclusiva deixando sua própria característica bem marcante. Meu favorito sem dúvidas é o Felix, que é o esquisitão da turma mas o ator foi tão sensacional que me ganhou já logo no primeiro episódio.

      A série tem 4 temporadas, na qual as duas primeiras são focadas nos 4 meninos que contei acima. Já a partir da terceira, o elenco muda e tem toda uma nova história para aquele grupo de amigos que entra na trama. Vale lembrar que a série é australiana. As duas primeiras estão disponíveis na Netflix.




Série: Nowhere Boys
Temporadas: 4
Episódios: 52
Duração: 30 minutos
Status: No ar
Paixometro: ✮✮✮✮✮


O filme:

      É minha gente, e além de ter livro e série tem até um filme também. O filme foi preciso para que acontecesse a troca de elenco sem deixar pontos em aberto no final da segunda temporada. No filme um ano depois dos meninos cruzarem as dimensões, descobrirem a magia e lutarem contra o demônio restaurador, eles surgem crescidos e mais maduros. Dessa vez eles são deverão unir quando Felix (Dougie Baldwin) descobre um Livro de Sombras e involuntariamente libera uma poderosa força do caos. Agora, os garotos devem defender seu mundo e seus entes queridos.
      Achei bem legal fazerem o filme para poder fechar a trama dos meninos, já que tem várias séries que simplesmente são canceladas ou terminam a história deixando um monte de pontos em aberto.





Título: Nowhere Boys: The Book of Shadows
Ano: 2016
Duração: 1h 20 minutos
Paixometro: ✮✮✮✮✮


E aí, já assistiram algum deles?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© She bookaholic - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo